Belvo

O que as novas regras do Banco Central significam para o Open Finance

Belvo Team

Belvo Team Communications

Compartilhar

O que as novas regras do Banco Central significam para o Open Finance

Novas medidas visam a expandir funcionalidades, como a portabilidade de salário, crédito, investimento, e também a adoção do Pix através da Jornada Sem Redirecionamento.

Na última quinta-feira, 4 de julho, o Banco Central do Brasil anunciou novas regulamentações que aprimoram o Open Finance, estabelecendo um novo marco para o ecossistema. Reunimos as principais mudanças neste post. Confira!

Mudanças na Governança do Open Finance

Nova estrutura de governança

A partir de 2 de janeiro de 2025, uma nova estrutura de governança para o Open Finance entrará em vigor, substituindo a atual. Essa mudança busca profissionalizar ainda mais a governança, promovendo uma interdependência maior entre custeio e poder decisório, aumentando o número de membros independentes e adicionando novos assentos para associações representativas no órgão de direção.

Alterações nas regras de participação

As novas medidas ampliam a obrigatoriedade do compartilhamento de dados para instituições e conglomerados com mais de 5 milhões de clientes, além dos conglomerados S1 e S2, formados pelos maiores bancos brasileiros. Outra mudança é que, agora, a participação voluntária no compartilhamento de dados deve incluir todo o conglomerado.

Para a iniciação de transações de pagamento, apenas as instituições obrigatórias no Pix e outras instituições detentoras de conta em seus conglomerados tem participação obrigatória no Open Finance. Instituições detentoras de conta podem optar por participar voluntariamente.

Compartilhamento de dados de investimentos e câmbio

A regulação foi atualizada para incluir detalhes sobre o compartilhamento de dados de produtos de investimento e câmbio. Os clientes já podem compartilhar esses dados, ampliando as possibilidades de uso do Open Finance.

Avanços no Pix: Jornada sem Redirecionamento

Uma das novidades mais esperadas, o cronograma para a iniciação de pagamentos sem redirecionamento foi estabelecido pelo Banco Central. A jornada simplifica possibilita o pagamento via Pix sem necessidade de abertura do app do banco, através de autorização prévia por biometria ou senha do celular, por exemplo, visando aumentar a conveniência e agilidade para os clientes e mantendo a segurança do processo de pagamento.

O papel da Belvo na evolução de dados e pagamentos com Open Finance

A Belvo, como uma das principais plataformas de Open Finance na América Latina, tem desempenhado um papel fundamental na implementação dessas mudanças. Com nossa tecnologia de inteligência de dados e pagamentos com Open Finance, ajudamos instituições financeiras e empresas a acessarem e enriquecerem dados financeiros e iniciar pagamentos de forma segura e eficiente. Nossas soluções permitem que nossos clientes inovem e ofereçam serviços financeiros mais personalizados e ágeis para a população brasileira.

Essas novas medidas do Banco Central reforçam ainda mais a importância da colaboração no ecossistema financeiro. A Belvo continua comprometida em apoiar nossos parceiros e clientes durante essa transformação, facilitando a adaptação às novas regulamentações e explorando novas oportunidades no Open Finance.

Com as novas regras, o Brasil continua a liderar o movimento de Open Finance, criando um ambiente mais dinâmico e inclusivo para todos os participantes do setor financeiro. E a Belvo está aqui para garantir que você esteja na vanguarda dessa transformação. Entre em contato para saber como você pode fazer mais com o Open Finance.

Compartilhar

O melhor conteúdo sobre Open Finance mensalmente no seu email

Mal podemos esperar para ouvir suas ideias!

A Belvo não concede empréstimos ou solicita depósitos.